Torrent Downlaods

Cojira-Rio liga o 13 de Maio ao 20 de Novembro em evento nesta quinta-feira no SJPMRJ

No próximo dia 11 de maio, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro em uma promoção de sua Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira-Rio) realiza o debate “Diálogo entre o 13 de maio e o 20 de novembro” com palestra do professor doutor Petrônio Domingues do Departamento de História da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e, na mediação, a jornalista Sandra Martins (Cojira-Rio), mestranda no Programa de Pós-Graduação em História Comparada da UFRJ (PPGHC/UFRJ).

Confirme presença em nosso evento no Facebook

O historiador Petrônio Domingues desenvolveu pesquisas no campo da imprensa negra, tratando de variadas perspectivas. como organizações negras. Sua tese de doutoramento, em História Social pela USP, “A insurgência do ébano: a história da Frente Negra Brasileira (1931-1937)”, a maior e mais importante organização negra que se projetou no cenário nacional após a abolição da escravatura. Organização esta cujas lideranças tinham visão crítica em relação à falta de políticas públicas voltadas à população negra e concebiam a educação como uma ferramenta estratégica para a inserção desse segmento populacional na sociedade. Entre outros títulos de Petrônio Domingues, sobre o pensamento social brasileiro. em especial, no que tange a luta e a resistência dos afro-brasileiros no pré e pós-abolição “A Nova Abolição” – uma história não contada: negro, racismo e branqueamento em São Paulo no pós-abolição” e “Experiências a emancipação: biografias, instituições e movimentos sociais no pós-abolição (1890-1980)” e “Políticas da raça: experiências e legados da abolição e da pós-emancipação no Brasil” cuja coordenação assina com o historiador carioca Flávio Gomes.
.
A palestra será antecedida da exibição de dois trabalhos do Zózimo Bulbul, um dos mais importantes artistas brasileiros, em especial do cinema e mais particularmente na construção do chamado “cinema negro” no Brasil. O primeiro é o curta-metragem “Alma no Olho” realizado na década de setenta do século vinte e continua atual na sua síntese sobre a situação do negro na sociedade brasileira. O segundo é o longa-metragem “Abolição” de 1988, e somente serão exibidos trechos deste documentário, com duração de 1h30. O filme mostra as condições do negro 100 anos após a proclamação da Lei Áurea, enfocando temas como o padrão de vida dos negros, sua luta e sua realidade.

O evento integra as atividades de contra-partida social do sindicato, bem como representa uma continuidade das atividades ininterruptas da Cojira-Rio, que desde 2003 promove o debate e a conscientização, entre os jornalistas, da questão negra relacionada com a comunicação social e mais especificamente o jornalismo. É importante salientarmos que no ano de 2017 comemoramos os 20 anos do reconhecimento oficial de Zumbi dos Palmares como herói nacional. A sua elevação ao Panteão dos Heróis Nacionais pelo Estado brasileira foi a maior honra formal de sua importância para a História do Brasil.

Ficha técnica

Palestra “Diálogo entre o 13 de maio e o 20 de novembro”
Exposição: Prof. dr. Petrônio Domingues (UFS)
Mediação: Jornalista Sandra Martins (Cojira/Sindijor)
Cine/Cojira/Sindijor: Alma no Olho e Abolição de Zózimo Bulbul
Dia: 11 de maio de 2017.
Horário: 19h às 21h.
Local: Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro – Rua Evaristo da Veiga, 16 17° andar, Cinelândia, Centro.
Entrada franca.