Torrent Downlaods

Faltam 15 dias para o encerramento das inscrições do Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico

O Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico entra agora em sua reta final. O encerramento das inscrições será em 28 de fevereiro. Até lá, jornalistas de todo o país podem inscrever suas matérias, publicadas em jornais, revistas, ou sites entrando no site: www.premiocnh.com.br. Os autores das reportagens inscritas nas categorias: Agronegócios, Construção, Macroeconomia e Transporte, concorrem ao prêmio de R$ 15 mil. Para aumentar as chances de ganhar, é possível cadastrar mais de uma matéria em diferentes categorias.
 
A premiação reconhece os profissionais da imprensa que publicaram reportagens sobre a conjuntura econômica do país e o desenvolvimento dos setores econômicos de modo a traduzir dados importantes em informação de qualidade para os leitores brasileiros. Para serem validadas, as notícias devem ter sido publicadas entre 1º de novembro de 2015 e 31 de janeiro de 2017.
 
Sobre o Prêmio
 
Há 24 anos, o Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico prestigia e reconhece os profissionais que explicam e traduzem as informações econômicas e sociais que acontecem no Brasil e no mundo.
 
Por isso, o Prêmio tornou-se, nessas mais de duas décadas, uma das premiações mais respeitadas do setor. Sua independência, credibilidade e isenção, são referência também para as novas gerações de jornalistas.
 
Lançado em 1993 como Prêmio Fiatallis, o Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico chega em sua 24ª edição com muita credibilidade e grande prestígio no meio jornalístico e para os profissionais de imprensa, premiando o que há de melhor na cobertura econômica brasileira.
 
Sobre as categorias
• Agronegócio: reportagens do segmento econômico publicadas em jornais, revistas, blogs e sites de notícias que abordem assuntos relacionados ao agronegócio do país, tais como: negócios, exportação e importação, balança comercial, produção, alimentos, agricultura sustentável, tecnologia e inovação, leis, impostos e tributos, incentivos do governo, projetos e programas, entre outros.
 
• Construção: matérias publicadas em jornais, revistas, blogs e sites de notícias que abordem o segmento de construção no Brasil com foco nas questões acerca das premissas do setor, tais como: tendências, leis, incentivos, empregos, infraestrutura, investimentos, materiais, tecnologia e inovação, mineração, projetos, governo, construção sustentável, entre outros.
 
• Transporte: reportagens publicadas em jornais, revistas, blogs e sites de notícias que abordem os aspectos econômicos do setor de transportes no país, bem como seu desenvolvimento, envolvendo temas como: inovação e tecnologia, mobilidade sustentável, leis, projetos e programas do governo, produtos, investimentos, estradas, logística, entre outros.
 
• Macroeconomia: matérias publicadas em jornais, revistas, blogs e sites de notícias que abordem questões relacionadas ao cenário econômico do país, como: inflação, moeda, câmbio, desenvolvimento econômico e social, mercado de ações, políticas econômicas, entre outros. Essa modalidade abrangerá também os outros segmentos que não foram contemplados nas demais categorias, como: varejo, imobiliário, turismo, petróleo e gás, siderurgia, cosméticos, entre outros.