Torrent Downlaods

Prorrogadas as inscrições para o quarto Prêmio Petrobras de Jornalismo

Correspondentes podem se inscrever em categorias temáticas e também concorrem ao Grande Prêmio e de Inovação

Foram prorrogadas as inscrições para a quarta edição do Prêmio Petrobras de Jornalismo. Profissionais de imprensa têm até o dia 29 de junho para inscrever suas melhores reportagens e concorrer a prêmios de até R$ 40 mil*. Este ano, a premiação traz novidades para a imprensa internacional, que poderá inscrever seus trabalhos em todas as categorias temáticas, no lugar de concorrer em uma única categoria, como nos anos anteriores. É necessário que o veículo tenha sucursal no Brasil, que as reportagens sejam assinadas pelo correspondente e ambientadas neste país.  Serão aceitas reportagens publicadas no período de 10 de julho de 2015 a 10 de janeiro de 2017.

Para os temas de Economia, Ciência e Tecnologia, Sustentabilidade, Cultura e Esporte, serão aceitas reportagens publicadas em jornal/revista, portais de notícias da Internet ou transmitidas em rádio. O material deve ser enviado na forma e idiomas originais. A tradução do conteúdo será feita pela organização do Prêmio.

Todas as matérias inscritas concorrem ao Grande Prêmio Petrobras de Jornalismo e também na categoria especial de Inovação. Lançada este ano, a nova categoria avaliará os trabalhos que se destacarem pelo formato inusitado, pela abordagem do assunto de um ponto de vista diferente, pelo ineditismo do meio – ou meios – utilizados para veiculação da reportagem, pelo uso de linguagem inovadora ou qualquer outro atributo relevante e original identificado pelos avaliadores. 

Além da possibilidade de se inscrever em qualquer das categorias temáticas listadas, outra novidade é o aumento no valor do prêmio pago a cada vencedor, que agora varia entre R$ 20 mil*, nas categorias temáticas, e R$ 40 mil, pelo Grande Prêmio. 

Televisão e fotografia
As reportagens veiculadas pelas emissoras de TV podem ser inscritas na nova categoria de Telejornalismo, na qual concorrem juntas matérias nacionais, regionais e de correspondentes. O prêmio de Fotojornalismo será concedido à melhor cobertura fotográfica publicada em veículos de todo o país, sem distinção entre regionais, nacionais e correspondentes. 

As inscrições devem ser feitas pelo site www.premiopetrobras.com.br. Cada reportagem só pode ser inscrita em uma única categoria. Cada jornalista pode inscrever até seis diferentes reportagens. 

Os finalistas de cada categoria e os vencedores serão conhecidos na cerimônia de entrega dos troféus no segundo semestre de 2017, no Rio de Janeiro. 

PRÊMIOS:

– GRANDE PRÊMIO PETROBRAS DE JORNALISMO: para a melhor reportagem, entre todas as inscritas – R$ 40 mil*.

– CATEGORIA ESPECIAL – INOVAÇÃO: para o trabalho que se destacar pelo ineditismo de formato, pela técnica empregada, pela abordagem, pelo meio ou pela linguagem. Todas as matérias inscritas concorrem nesta categoria – R$ 25 mil*.

– ECONOMIA: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que falem sobre a conjuntura econômica do Brasil – R$ 20 mil*.

– CIÊNCIA E TECNOLOGIA: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que falem sobre ciência, tecnologia e inovação – R$ 20 mil*.

– SUSTENTABILIDADE: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que falem sobre meio ambiente e temas sociais – R$ 20 mil*.

– CULTURA: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que abordem manifestações culturais e artísticas do país – R$ 20 mil*.

– ESPORTE: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que falem sobre atividades esportivas profissionais ou amadoras, individuais ou coletivas – R$ 20 mil*.

– TELEJORNALISMO: reportagens de emissoras de televisão sobre qualquer um dos temas acima relacionados – R$ 20 mil*.

– FOTOJORNALISMO: coberturas fotográficas sobre qualquer um dos temas acima relacionados que, sozinhas ou como parte integrante das reportagens, foram capazes de transmitir o impacto de cenas do dia a dia ou de acontecimentos marcantes, cumprindo o papel disseminador da informação – R$ 20 mil*.

– REGIONAL NORTE/ CENTRO-OESTE: matérias de veículos com sede em Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Amapá, Pará, Tocantins, e Distrito Federal – R$ 10 mil*.

– REGIONAL NORDESTE: matérias de veículos com sede na Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão – R$ 10 mil*.

– REGIONAL RJ-MG-ES: matérias de veículos com sede no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo – R$ 10 mil*.

– REGIONAL SP-SUL: matérias de veículos com sede em São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul – R$ 10 mil*.

*Valores brutos