Torrent Downlaods

Sindicato alerta aos jornalistas que empresas têm obrigação de fornecer equipamentos de proteção a repórteres em coberturas de conflitos

Diante do recrudescimento da violência urbana no Rio, com o confronto entre quadrilhas de traficantes de drogas na Rocinha e as operações de Garantia da Lei e da Ordem – executadas pelas Forças Armadas, a diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro vêm a público alertar aos jornalistas que as empresas de comunicação têm obrigação de fornecer equipamentos de segurança a todos os repórteres que participam da cobertura desses eventos com o objetivo de minimizar os riscos para os profissionais de imprensa. Além disso, os coordenadores de cobertura de conflitos têm o dever moral de orientar seus subordinados a seguirem protocolos de segurança e proteção, que devem ser reforçados especialmente nesse momento.

O Sindicato dos Jornalistas destaca que nenhuma notícia vale a vida de ninguém. Por isso, os repórteres envolvidos em coberturas de risco, como a de conflitos armados, devem exigir o material de segurança do seu empregador e, sempre que possível, alertar o sindicato até mesmo anonimamente.

Link para a Central de Denúncias do sindicato para o não cumprimento da cláusula 60ª da Convenção Coletiva de Trabalho, que obriga o uso dos equipamentos de proteção individual adequados às coberturas de temas relacionados à violência, além de reuniao periodica da comissão de segurança formada pelos sindicatos dos empregados e dos empresários do setor, entre outros pontos.

CENTRAL DE DENÚNCIAS

O Ministério Público do Trabalho do Estado do Rio recomenda “o fornecimento gratuito de equipamentos de proteção individual, adequados ao risco da atividade – a exemplo de coletes à prova de balas (com placas de proteção extra, se necessário), capacetes, máscaras com purificador de ar (em caso de contato com gás lacrimogêneo ou bombas de efeito moral), óculos de proteção com Certificado de Aprovação emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego, além do fornecimento de equipamentos e produtos de primeiros-socorros para as equipes de reportagem.

Para mais esclarecimentos entre em contato com o sindicato pelo e-mail:

sindicato-rio@jornalistas.org.br

Link para Recomendações de Segurança do Ministério Público do Trabalho para jornalistas:

http://jornalistas.org.br/2012/wp-content/uploads/2015/06/recomendacoes-MPT-internet.pdf

Link para “Dicas para jornalistas cobrindo conflitos e oito manuais de segurança gratuitos para jornalistas”, da IJnet (Rede de Jornalistas Internacionais):

https://ijnet.org/pt-br/blog/dicas-para-jornalistas-cobrindo-conflitos-e-oito-manuais-de-seguran%C3%A7a-gratuitos-para