Torrent Downlaods

SJPMRJ assina a nova convenção coletiva de jornal e revista

Foi assinada, no dia 18 de julho, a nova Convenção Coletiva de Trabalho de 2017/2018 do seguimento de jornais e revistas, seguindo a decisão dos jornalistas que aprovaram a proposta patronal da assembleia do dia 29 de junho. Os jornalistas receberão a partir de agosto o reajuste, com retroativo de fevereiro deste ano, data-base da categoria.

Com isso, os jornalistas que atuam no segmento terão reajuste salarial escalonado, dependendo da sua remuneração:

– 5,44% para quem ganha até R$ 8.000,00;

– 4,90% para quem ganha entre R$ 8.000,01 e R$ 12.000,00;

– R$ 588 para quem ganha acima de R$ 12.000,01.

O piso salarial do segmento sofrerá reajuste de 5,65%, passando de R$ 1.680 para R$ 1.775 em jornadas de cinco horas diárias. O tíquete-alimentação e o vale-refeição terão reajuste de 5,44% e o valor facial mínimo diário passa de R$ 17,40 para R$ 18,35.

Cláusulas como auxílio-creche, Participação de Lucros e Resultados e seguro de vida serão reajustadas em 5,44%. As cláusulas sociais da convenção atual foram mantidas e valem por dois anos.

É importante que cada jornalista verifique o cumprimento integral da convenção. Caso isso não aconteça, é preciso informar ao nosso Sindicato sobre qualquer mudança na convenção aprovada.

A convenção também prevê a doação voluntária de duas parcelas de R$ 42,50 ao SJPMRJ, a ser descontada nos meses de agosto e setembro, como contribuição para a recuperação financeira da entidade – que vive grave crise. Porém, quem não desejar contribuir terá até 15 de agosto para manifestar oposição ao desconto por meio de carta ou indo diretamente no Sindicato.

Entretanto, o SJPMRJ reforça a importância desta contribuição, principalmente neste momento de ataques à organização sindical e aos direitos dos trabalhadores. Essa doação contribuirá significativamente para a atuação do nosso Sindicato na defesa da categoria.

Confira a nova edição do Lidão